sábado, 28 de fevereiro de 2009

Oxigenoterapia


inspira...expira...inspira....expira....lentamente
Assim eu comecei a experimentar a minha primeira técnica de relaxamento. Respiração! Claro, é assim o todo o tempo! Esteja você correndo, comendo, caminhando, dormindo, assistindo TV. Não importa, pois nossas células precisam de ar. Mas será que nos damos mesmo conta dessa necessidade em nossa vida? Sim, somente quando nos falta, pois é automático.Não é a mesma coisa que você sentir com freqüência a necessidade de sede, fome, frio, calor, sono. Precisamos "ouvir" nossa respiração mais vezes, mas para isso é preciso exercitá-la. No início parece ser muito difícil, mas na verdade é pura falta de hábito.Quando você começa a se acostumar,percebe logo a falta quando uma vez ou outra você não pratica.Pelo menos foi o que aconteceu comigo!
Com pouco tempo de exercício percebi que estava mais relaxada, menos ansiosa, mais serena e com melhor postura da coluna.


Eu costumo praticar essa técnica sempre com a coluna ereta, sentada com as pernas cruzadas (posição de lótus) mãos sobre os joelhos e olhos fechados. Meu único objetivo era perceber minha respiração entrando e saindo do meu corpo, sem pressa para acabar. Quanto mais eu demorava com o exercício,mais concentração eu conseguia ter, chegando ao ponto de algumas vezes ter a sensação de não sentir meu corpo. Ai foi quando eu percebi que estava aprendendo a relaxar,pois eu acredito que quando se busca o relaxamento do corpo , seja por qualquer técnica, a primeira resposta é você perceber que "esqueceu" do seu corpo , ou seja, você consegue deixá-lo tão relaxado de forma que seria como se ele não estivesse ali, como se não tivesse corpo físico. É como se esse estado passasse a ser um preparo para meditação. O que é bem mais profundo.
Eu queria muito aprender a relaxar, mas para isso eu precisava primeiro aprender a ter controle, consciência da minha respiração.Essa foi a forma que encontrei para chegar ao estado de relaxamento total. Hoje, eu sinto o exercício da respiração como uma ferramenta muito importante durante o atendimento. É algo que beneficia a mim e quem atendo.

Se respiramos melhor, de maneira mais profunda e relaxada fazemos com que as moléculas de oxigênio cheguem até as nossas células e orgãos vitais através do sangue. É através desse sangue que nosso cérebro será abastecido tornando-o mais lúcido e oxigenado.Com isso, nosso raciocínio produz melhor, temos uma diminuição dos batimentos cardíacos e melhoramos nosso organismo.



Essa dica não vale somente para quem é massoterapeuta. É para todos que buscam viver com menos estresse e mais qualidade de vida!



1 comentários:

Postar um comentário